top of page

Alterações na classificação da despesa pública


Consultor do Prefeito

…..


A Secretaria do Tesouro Nacional (STN), através da Portaria Conjunta nº 02, de 30 de outubro de 2017, alterou a Portaria Interministerial STN/SOF nº 163.


A alteração inseriu uma nova modalidade de aplicação e um novo elemento de despesa, além de modificar o conceito e especificação do elemento de despesa nº 39 (Outros serviços de terceiros – pessoa jurídica).


Com relação ao novo elemento de despesa, a Portaria incluiu o elemento nº 40 – “Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação – Pessoa Jurídica”.


Desse modo, a partir de 2018 as seguintes despesas deverão ser classificadas no elemento nº 40:


1. Locação de equipamentos e softwares;

2. Desenvolvimento e manutenção de software;

3. Hospedagens de sistemas;

4. Comunicação de dados;

5. Serviços de telefonia fixa e móvel, quando integrarem pacote de comunicação de dados;

6. Suporte a usuários de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC;

7. Suporte de infraestrutura de TIC;

8. Serviços técnicos profissionais de TIC;

9. Manutenção e conservação de equipamentos de TIC;

10. Digitalização;

11. Treinamento e capacitação em TIC;

12. Tratamento de dados;

13. Conteúdo web;

14. Outros congêneres.


A nova modalidade de aplicação incluída foi a “92 – Aplicação Direta de Recursos Recebidos de Outros Entes da Federação Decorrentes de Delegação ou Descentralização”.


Deverão ser classificados nessa modalidade de aplicação as despesas orçamentárias realizadas à conta de recursos financeiros decorrentes de delegação ou descentralização de outros entes da Federação para execução de ações de responsabilidade exclusiva do ente delegante ou descentralizador.


….


capa revista.PNG

Revista Gestão Pública Municipal

Receba todo mês em seu e-mail a Revista Gestão Pública Municipal. Conheça a visão do Poder Judiciário e Tribunais de Contas sobre os principais temas da gestão municipal.

bottom of page